5 segredos sobre produtividade: porque ser multitarefa não vai te ajudar em nada

Quantas vezes você já viu a palavra multitarefa listada entre as capacidades desejadas no perfil do candidato em um anúncio de emprego? Eu já perdi as contas. Até parece que isso é sinal de mais produtividade, certo?

Eu nunca pensei muito sobre a capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo. Isso porque é algo natural que fazemos.

Começamos uma tarefa e logo depois lembramos de outro detalhe que precisamos resolver, o telefone toca, alguém te chama para conversar e depois você gasta mais 10 minutos tentando lembrar qual tarefa precisa terminar.

Quem nunca começou o dia com aquela lista enorme de coisas a fazer e percebeu que ao final não cumpriu nenhuma das obrigações que havia planejado? O/

É claro que muitos sofrem da procrastinação e deixam de lado aquelas tarefas que parecem difíceis ou que não estão com vontade de fazer.

No entanto, nossa produtividade pode também estar sendo afetada pelo mito do multitarefa.

De acordo com o Christian Barbosa, criador da Triad Productivity Solutions, consultoria multinacional especializada em produtividade e colaboração,

“a perda de tempo média “multi-tarefando” é algo em torno de 20%. Ou seja, se você passa um dia de 10h multi-tarefando, poderia economizar algo em torno de 2 horas diárias.”

Imagine o que você pode fazer com 2 horas a mais no seu dia?

Quer saber como parar com este hábito de “multitarefar” e otimizar seu tempo para realizar mais sonhos? Continue lendo este texto!

1. Multitarefa não existe

É isso mesmo que você leu!

Nosso cérebro não tem a capacidade de fazer duas coisas ao mesmo tempo. O que fazemos, na verdade, é alternância de tarefas.

Pulamos de uma coisa para outra e depois voltamos ao que estávamos fazendo.

Como vimos no post sobre 5 mitos e verdades sobre trabalhar em casa, algumas coisas que fazemos achando que somos mais produtivos acabam sendo inimigas da produtividade.

Quem nunca abriu mais de 10 abas no navegador e ficou pulando de uma coisa para outra sem conseguir focar em um conteúdo por vez? Eu admito que já fiz isso várias vezes!

O Geronimo Theml, coach pessoal e profissional, diz que:

“uma pessoa mono-tarefa, aquela que faz uma única coisa por vez, produz de 20% a 30% mais do que pessoas que fazem trezentas coisas ao mesmo tempo.”

Já pensou no tanto de energia que estamos desperdiçando ao obrigar nosso cérebro a alternar tarefas? Nós o forçamos a utilizar mais recursos para, ao final, não conseguir concluir nenhuma tarefa por inteiro.

Ou seja, o melhor é ter foco!

Uma coisa de cada vez não sobrecarrega nossa mente e todo mundo sabe que uma cabeça tranquila é o primeiro passo para tomar melhores decisões e produzir com mais qualidade.

2. Otimize seu tempo

Com a nossa cabeça a mil por hora, é muito comum termos dificuldade para concentrar em uma tarefa por vez. Uma técnica muito interessante que pode funcionar para você é a Técnica Pomodoro.

O método é baseado na ideia de que pausas frequentes podem aumentar a agilidade mental e evitar distrações.

São somente 5 passos básicos para implementá-la na sua rotina:

  1. Escolher a tarefa a ser executada
  2. Ajustar o pomodoro (alarme) para 25 minutos
  3. Trabalhar SOMENTE naquela tarefa até que o alarme toque; registrar com um “x”
  4. Fazer uma pausa curta (3 a 5 minutos)
  5. A cada quatro “pomodoros” (tempos de trabalho de 25 minutos),  fazer uma pausa mais longa (15-30 minutos)

A ideia é interessante porque, ao pensar que temos intervalos pequenos para trabalhar naquela tarefa, é mais fácil nos comprometermos a concentrar totalmente nela.

Afinal, 25 minutos é um tempo muito mais razoável que 1 hora, por exemplo.

3. Organize o amanhã

Não tem jeito. Quem planeja sai na frente.

Portanto, reserve um tempo para organizar suas tarefas de amanhã.

Um conceito muito legal da metodologia GTD – Getting Things Done (fazendo acontecer, em português) criada pelo David Allen é o estado de mente limpa e tranquila como fator essencial para uma rotina produtiva sem estresse.

Com base neste conceito, você consegue estruturar uma rotina desorganizada, cheia de interrupções, em algo gerenciável.

A ideia é que você coloque tudo no papel para que sua mente possa focar no momento presente.

Afinal, você sabe exatamente o que deve fazer ao longo do dia porque se preparou e pensou sobre suas tarefas em um momento anterior.

Isso vale não só para o seu planejamento diário como também o de objetivos e metas de longo prazo.

Saber exatamente o que você precisa fazer e quando fazer para atingir seus objetivos faz toda a diferença.

Se você tem dificuldade de organizar as ideias e ações necessárias para alcançar seus objetivos, não se preocupe.

Leia nosso post com 3 passos práticos para definir suas metas e objetivos, para aprender de uma vez por todas como estabelecer metas que vão de fato te deixar mais perto de seus sonhos.

E clique aqui para baixar de graça uma planilha de planejamento de objetivos e metas feita pelo Viva de Sonhos, para começar a colocá-las em prática hoje.

4. Cada um no seu quadrado

É importante mencionar que acreditamos na individualidade e que consideramos técnicas apenas caminhos.

Eu, por exemplo, trabalho com criatividade e não vejo como implementar a Técnica Pomodoro para todas as tarefas que executo.

Ao escrever este texto, (tirando o tempo para pesquisa e formatação) já estou há aproximadamente 35 minutos focada na criação e não sinto necessidade de descanso.

Pelo contrário, se eu parar, sinto que vou perder o foco e gastar ainda mais tempo para retomar o trabalho depois da pausa.

O importante é testar e aprender o que funciona para você. Com a Internet, temos acesso a muitas experiências e conhecimentos.

Com certeza, você vai encontrar o melhor modo de tornar-se mais produtivo.

Outra dica boa é buscar o autoconhecimento. Em que horário se sente mais tranquilo e criativo? Quando se sente mais cansado?

Reserve os minutos de baixa produtividade para realizar atividades mais mecânicas e que não requerem tanto esforço mental.

5. O verdadeiro significado de produtividade

No Viva de Sonhos, sempre buscamos a reflexão de certos conceitos que parecem definitivos.

Afinal, o que é produtividade? Por que eu devo querer aumentá-la?

Nosso propósito é ajudar você a realizar sonhos.

Nós acreditamos fortemente que tempo e mente tranquila são os maiores ativos na realização deles.

Com mais tempo e tranquilidade, tomamos melhores decisões, executamos nossas ideias e encontramos propósito em nossas ações.

Portanto, para nós, seguindo a ideia do Geronimo Theml, aumentar a produtividade significa “produzir mais, em menos tempo e com muito mais felicidade.”

Afinal, pessoas felizes encontram de forma muito mais fácil a motivação para alcançar metas e objetivos.

E aí? Acha que consegue largar o mau hábito de multitarefar e tornar-se um mono-tarefa muito mais produtivo?

Faça um teste e veja como você pode se surpreender com esta mudança.

Acha que não consegue? Aqui vão mais 2 dicas extras para te ajudar:

  • Lembre-se sempre: faça a mesma coisa por 30 dias seguidos e ela se tornará um hábito.
  • Defina um objetivo quando começar uma tarefa: a sensação de dever cumprido te dá mais energia para continuar.

Por exemplo, ao escrever este texto, eu coloquei como objetivo produzir a introdução e um tópico do desenvolvimento antes de um breve descanso.

Deu tão certo que escrevi o texto todo de uma vez! Ufa! Dever cumprido!

Acredito muito que cada um deve encontrar seu caminho rumo à felicidade e realização dos seus sonhos.

Portanto, experimente técnicas, ferramentas e converse com outras pessoas para tentar identificar o que funciona para você.

Uma coisa nós podemos garantir: com mais tempo você realiza sonhos, fica feliz e, sendo feliz, busca sonhar ainda mais! Não é um ciclo maravilhoso?

Que tal então acompanhar mais dicas para aumentar sua produtividade e realizar cada vez mais?

Cadastre seu e-mail abaixo para receber nosso conteúdo exclusivo!

Utiliza algum método diferente para manter o foco em uma única tarefa e aumentar sua produtividade? Compartilhe com os leitores nos comentários e ajude mais pessoas a terem uma vida mais produtiva e alcançarem seus objetivos 🙂

se quiser ir rápido, vá sozinho. Mas se quiser ir longe, vá acompanhado. Érico Rocha

Inspirações para este post:

Comentários