Apresentação pessoal: por que você deve se preocupar com isso (e 3 dicas para melhorá-la)

Em tempos de tecnologia que nos permite a comunicação instantânea via celular ou computador, muitos “mensageiros do caos” começaram a dizer que nossa geração não sabe conversar “olho no olho”.

Por este motivo escutamos vários dizendo que as pessoas não sabem mais como fazer uma boa apresentação pessoal.

Longe de querer julgar se isto corresponde à realidade, a verdade é que grandes negócios podem até iniciar-se frente a uma tela mas o que define se ele irá para frente ou não é a CONFIANÇA.

Você começaria a trabalhar em uma empresa que não conhece, com apenas poucos e-mails trocados ou minutos de conversa via chat? Você, como líder, contrataria um profissional nas mesmas circunstâncias?

Acho que é fácil perceber que NÃO é a resposta para estes questionamentos.

É por essa razão que a última etapa de processos seletivos de grandes empresas quase sempre termina da mesma forma: a entrevista pessoal.

Pensando nisso, produzimos este artigo com o objetivo de promover a reflexão entre nossos leitores:

De que forma estamos nos apresentando para o mundo?

Ao nos preocuparmos com nossa apresentação pessoal, podemos estar abrindo portas para grandes oportunidades de realização de nossos sonhos?

Que tal refletirmos juntos? Continue acompanhando este post.

Sua apresentação pessoal deve ser na medida

Quantas vezes já vimos alguém perder uma oportunidade porque estava distraído falando demais e ouvindo de menos?

Quantos candidatos já foram reprovados em processos seletivos porque tinham dificuldade em se expressar?

Não seja tímido! Todos temos qualidades e experiências que podem contribuir para a melhora de um projeto ou empresa. Foque no contexto e resultados alcançados que fica mais fácil a exposição da situação.

Não fale de sua vida pessoal a não ser que seja questionado.

Pessoas, no fundo, se interessam por quem faz e por quem demonstra interesse em seus problemas. Fale demais de assuntos não pertinentes e logo você perde sua audiência.

Ouça e observe! Você vai se surpreender com o que pode aprender ao fazer estas duas coisas.

Atenção aos resultados

Primeiro de tudo, é bom trabalharmos com aquilo que gostamos. Isso faz uma diferença enorme em termos de resultados alcançados e qualidade de vida.

Além disso, precisamos de apresentar estes resultados. É assim que somos reconhecidos por nosso trabalho, ganhamos a confiança das pessoas e fechamos grandes negócios.

Já ouviu falar do método STAR? Utilizado em entrevistas de recrutamento, ele foca nas ações e entregas do candidato.

Sempre ouvimos de profissionais de RH que devemos ser sucintos no currículo mas que, ao mesmo tempo, devemos apresentar os resultados e experiências que tivemos em cada cargo ou projeto que passamos.

Eu achava bem complicado fazer isso e ainda manter o tamanho ideal de currículo.

No entanto, ao utilizar o método STAR e entender o que ele significa, pude resumir meu contexto de trabalho e minhas tarefas e explicar com qual objetivo realizei ações e tomei decisões para obter os melhores resultados.

Perceba que esta abordagem é muito mais efetiva do que simplesmente apresentar que fui analista de marketing por 1 ano e 3 meses em uma empresa de TI, por exemplo.

MÉTODO STAR

S- SITUAÇÃO

T- TAREFA

A- AÇÃO

R- RESULTADO

Um exemplo do método STAR, que pode ser utilizado tanto para a produção do currículo quanto para responder às perguntas de uma entrevista ou apresentar seu negócio, é a declaração:

  • Como membro da equipe de Comunicação Institucional (situação), produziu matérias e releases para o site oficial do PNUD Brasil (tarefa); publicou uma média de dois textos por semana (ação) com o objetivo de tornar os projetos da agência mais conhecidos para aumentar engajamento do público (resultado).

Perceba que o contexto e o objetivo das tarefas são incluídos no tópico sem torná-lo demasiado grande. Ao utilizar uma forma, é mais fácil apresentar resultados e conquistas de forma sucinta e, assim, convencer entrevistadores, investidores ou qualquer interessado de suas capacidades.

Acredite em você

Nós, do blog Viva de Sonhos, acreditamos que todos têm algo a ensinar e aprender.

É por esta razão que criamos esta comunidade de pessoas que querem aprender cada vez mais para realizar seus sonhos. Todos podemos nos ajudar.

Já ouvi muitas pessoas dizendo que não tem nada a oferecer para o mercado: não possuem experiência em determinada área ou tiveram pouco estudo. Uma das coisas mais importantes que devemos ter em mente é nunca menosprezar nossas habilidades.

Uma trabalhadora doméstica, por exemplo, pode não ter tido a oportunidade de adquirir conhecimentos técnicos em institutos ou faculdades.

No entanto, ela provavelmente desenvolveu com sua rotina um sistema de gerenciamento do tempo e tarefas muito melhor que outros profissionais ao dar conta de tantas obrigações no dia e ainda exercitar a habilidade interpessoal ao cuidar de sua família.

Sim, a vida também ensina muito! E com certeza a sua experiência de vida pode ajudar outras pessoas a superar obstáculos semelhantes.

Precisa de inspiração para começar? Faça download de um PDF com 5 filmes sobre mulheres empreendedoras que transformaram dificuldades do dia-a-dia em grandes oportunidades de negócio.

O importante para uma apresentação pessoal de sucesso é conhecer a si mesmo, as habilidades que exercitamos diariamente e o que ainda nos falta para alcançar nossos objetivos.

Mais importante do que reconhecer e apresentar o que sabemos, é ter a certeza daquilo que não sabemos. Somente desta forma nossa evolução será constante.

E você? Tem alguma dica legal para que possamos refletir sobre como temos nos apresentado ao mundo? Comente aqui embaixo!

Se você gostou deste conteúdo, não se esqueça de compartilhar com seus amigos que precisam de dar aquele up!

Um grande abraço e até a próxima 😉

Comentários